Mural‎ > ‎

Ganhadores do Concurso Poema no Saco de Pão

postado em 25 de jul de 2016 09:17 por Evandro M   [ 29 de jul de 2016 16:19 atualizado‎(s)‎ ]
Poema no Saco de Pão
O Concurso Poema no Saco de Pão é uma promoção e realização do Instituto Gaúcho de Educação Superior/ IGES, que envolveu, entre abril e junho, escolas públicas do RS. 

O Concurso visa provocar a reflexão sobre a importância de substituirmos sacos plásticos por sacos de papel nas padarias. A Natureza precisa de nosso apoio! 

Outro objetivo importante do Concurso é estimular a produção textual pelos alunos de 6° a 9° ano do Ensino Fundamental, em especial a poesia, divulgando novos talentos. 

No dia 26 de agosto o IGES junto com apoiadores do Concurso irão realizar a premiação com entrega dos troféus e medalhas aos alunos, bem como doação de livros para os mesmos e para suas escolas. O evento ocorrerá na Biblioteca Lucilia Minssen, 5º andar da Casa de Cultura Mario Quintana.

Poemas vencedores: 
1° Lugar: Milena Dias Sauter
Poema: Meus Netos....
E.M.E.F.Jacó David Diesel (Escola do campo). Cerro Claro, 2º Distrito de São Pedro do Sul/RS. 
Profa. responsável: Márcia do Nascimento Gaier. 

2° Lugar: Thais Lopes
Poema: Todos perdidos
EMEF CELINA WESTPHALEN WEISSHEIMER - Vila Branquinha- Viamão/RS 
Profa. responsável: Stela Maris da Silva Cariati.

3° Lugar: Sallem Beatriz
Poema: Meio Ambiente
EMEF CELINA WESTPHALEN WEISSHEIMER - Vila Branquinha- Viamão/RS. 
Profa. responsável: Stela Maris da Silva Cariati.

Notícias anteriores sobre o assunto:

1° Lugar: Milena Dias Sauter


Meus Netos...

Está tudo feito,
Onde está presente a natureza,
Não há defeito!

Temo que...
Meus netos não conhecerão,
Um rio com água limpa,
Para se banhar no verão.

A todo momento,
Uma árvore caí.
Um animal morre.
E o relógio, corre...

Estamos vendo,
Todas as consequências,
Nem parece que temos tanta,
Tecnologia e Ciências.

As cidades invadem as florestas,
Esse é o preço da Globalização.
Nós, fazemos concreto.
E pros bichos,
O que resta?
A morte, gaiola ou prisão...



2° Lugar
Todos perdidos 
Thais Lopes

Cadê os ares? Cadê os mares?
Onde estão as árvores? Onde estão as flores?

Todos perdidos como nossas almas,
Graças a demora...
Do dia melhor que nunca chega
E de um amanhã sem tanta incerteza

Culpa dos humanos,
Que só plantam tristeza.






3° Lugar 
Meio Ambiente 
Sallem Beatriz

Cuidar do Meio Ambiente
É uma tarefa sensata
Mas nem todos se importam
Até as leis desacatam

Colocam lixos em esquinas
Terrenos baldios e taperas
Proliferam mosquitos
Baratas e ratos na terra.

Trabalhos destaques
Crueldade ou Consciência? 
Alessandra Mastella Lena 


Devemos ter mais cuidado com o mundo
Ele está ficando cada vez mais imundo.
Para não prejudicar o meio ambiente
Vamos agir conscientemente.

Nada de sacola plástica ao comprar o pão!
Use a de papel, pois você está fazendo uma boa ação.
Três a seis meses se decompõe o papel
E o plástico? Pobre ambiente! São 450 anos, é mais cruel!



A poluição do meio ambiente 
Eduarda Bonini 

Utilize sacolas feitas de papelão
Ações conscientes vão ajudar
Trocando as sacolas de plástico
O mundo vai melhorar.

Enquanto o plástico demora 450 anos para se degradar
O papelão somente 3 a 6 meses para se desmanchar
Seja consciente e ajude
Assim, o meio ambiente vai a todos agradar.



Será que tem cura para isso? 
Flávia Motta 

Andava pela rua e via sujeira
Escutava as pessoas tossindo a noite inteira
Será que tem cura para isso?
Passava por um lago olhando a poluição
As vezes penso...
Será que o mundo acabara assim?



O Mundo de hoje 
Karen Isabella Goulart 

O mundo está tipo assim
O lixo brota igual capim
Se eu cuidar do Planeta
Ele também vai cuidar de mim
Então o trate diferente
Ele também vai cuidar da gente

Trabalhos destaques
Um Amanhã Melhor 
Janaína Linke da Silva

Natureza,
Dela o que podemos falar?
Do reino animal, ao vegetal
Tantas características
Nenhuma ideia inicial.

Preservar,
Mas o que devemos realizar?
Três palavrinhas podemos usar:
Reduzir, Reciclar, Reutilizar.
E um mundo melhor iremos criar.

Devemos o primeiro passo dar,
Reduzindo para menos lixo acumular,
Reciclando para ajudar,
Reutilizando, para uma nova utilidade dar.

Inteligência não há de faltar,
É só saber usar e dela desfrutar,
Usar a cabeça para algo de bom,
E assim mostrar que é possível mudar.



Transformação 
Bárbara Cristina Marins 

Floresta virando concreto,
Água virando lama, igual lá em Mariana.

O planeta água secando,
Tudo se acabando.

Será o fim? Se não pensarmos em sustentabilidade,
Extintos seremos, será inevitável.

Uma nova chance!
Por um mundo mais sustentável.


Amigo planeta 
Vanessa Bonfada 

Fui à feira comprar pão
Para tomar o meu cafezão
Coloquei o meu pão
Em um saco de papelão.

Meu amigo planeta agradeceu.
Amigo! Sabe por quê?
Um pequeno plástico 450 anos no ambiente
O papel, 3 a 6 meses, já apodreceu!
Comments